Fiéis lotam Igreja dos Capuchinhos no dia do padroeiro da cidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 20 de janeiro de 2014 as 14:08, por: cdb
Fiéis lotaram a igreja dos Capuchinhos, na Tijuca, Zona Norte do Rio
Fiéis lotaram a igreja dos Capuchinhos, na Tijuca, Zona Norte do Rio

Fiéis lotaram a igreja dos Capuchinhos, na Tijuca, Zona Norte do Rio, nesta segunda-feira, dia de São Sebastião, padroeiro da cidade. A igreja, que é dedicada ao santo, teve programação especial durante o dia. Uma missa solene presidida, foi realizada pelo arcebispo do Rio Dom Orani Tempesta. Durante o culto, o Cardeal destacou que o padroeiro da cidade tem sido exemplo para os cariocas, como homem de Deus, que lutou contra as adversidades e que teve firmeza na fé. “São Sebastião tem inspirado as pessoas que vivem em situações de crise”. Dom Orani citou ainda a importância do amor, a despeito de interesses políticos ou religiosos.

Moradora da Tijuca, dona Elza Stramandinoli, de 99 anos, foi à missa sozinha nesta segunda.  Ela pediu  paz, amor e harmonia para todas as pessoas. “Eu sou do tempo da guerra e desejo que todos cheguem onde cheguei”, afirmou a idosa, destacando que, no momento da cerimônia, não era o calor que a incomodava. “Tá um empurra-empurra danado”, frisou Stramandinoli.

A devota Maria de Lurdes fez um pedido especial durante a missa em homenagem ao padroeiro. “O que me trouxe aqui foi a fé”, afirmou a devota, destacando que fez orações e pedidos pelo cunhado, que teve um AVC.

No último dia da trezena de São Sebastião, a quadra do bloco Cacique de Ramos recebeu a visita da imagem do santo. O resultado foi uma mistura de samba e religiosidade. Fundado há 53 anos, num dia 20 de janeiro, dia de São Sebastião, o Cacique recebeu uma benção especial. A visita da imagem do santo e do arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta.

– É uma pessoa que ele é gente da gente. Ele é povão como a gente. e a sensibilidade e o respeito que ele tem as pessoas é o que ele vai mostrar aqui hoje, essa dedicação que ele tem com essa cultura que a gente ama que é o samba  afirmou Bira, presidente do Cacique.

– Primeira imagem que o cardeal abençoa, até então tinha abençoado como bispo, arcebispo – afirmou Dom Orani. A visita aconteceu no último dia da trezena, que é a peregrinação da imagem de São Sebastião nos 13 dias que antecedem o dia 20 de janeiro. Para Dom Orani, é mais uma chance de estar perto do povo.

– O papa tem insistido justamente para isso, para que a Igreja tenha um diálogo com a sociedade, para que todo mundo se sinta acolhido na Igreja, sinta que o evangelho é para todos. E que a Igreja transmita a alegria do evangelho e saia as ruas e as periferias levando a cura, levando a vida, levando a paz – ressaltou o arcebispo do Rio.