Fiec aplica o projeto Aluno Saudável e detecta 401 alterações dos 536 alunos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de abril de 2012 as 07:46, por: cdb
  • Publicação: 04/04/2012 – 10:40h
  • Redatores: Pérola Werdesheim
  • Release N.º: 707
  • Juliana Wolf

    A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Fiec (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura) oferece além da formação profissional através de seus cursos técnicos, alguns programas de serviços sociais, gratuitos, e entre eles está o projeto “Aluno Saudável”, direcionado aos novos alunos que ingressam na Fiec. Eles são recepcionados pelos alunos de Enfermagem que aplicam o projeto, o qual consta aferição da Pressão Arterial, Glicemia Capilar, Índice de Massa Corporal (IMC) e Acuidade Visual; sempre acompanhados no procedimento pelos responsáveis da área.

    No período de 19 a 28 de março, a Fiec aplicou o projeto “Aluno Saudável” aos alunos que ingressaram neste 1° semestre de 2012, e apresenta o resultado dos 536 alunos das 21 turmas, dos cursos técnicos em Química, Eletroeletrônica, Design de Interiores, Informática, Logística, Enfermagem, Administração, Edificações, Meio Ambiente e Automação. Do total, foram detectadas alterações em 401 estudantes.

    São estes os resultados detectados:

    – Aferição de Pressão:

    36 apresentaram Pressão Baixa

    42 apresentaram Pressão Alta.

    – Glicemia Capilar:

    07 apresentaram hipoglicemia (nível de açúcar no sangue abaixo do normal) e 14 apresentaram hiperglicemia (niveis excessivos de açúcar no sangue);

    – Índice de Massa Corporal (IMC):

    68 casos de peso abaixo da normalidade;

    75 casos com sobrepeso e 51 casos de obesidade.

    – Acuidade Visual:

    108 alunos apresentaram algum tipo de alteração na visão

    Segundo o superintendente da Fiec, João Neto, ao fazer o levantamento dos dados, foi observado que os alunos que apresentaram alguma alteração do Índice de Massa Corporal com sobrepeso e obesidade, também apresentaram alteração de pressão com hipertensão e na glicemia capilar com apresentação da hiperglicemia.

    Neste caso, os alunos do curso técnico de Enfermagem da Fiec, recomendaram a procura por um especialista, da rede pública de saúde, para que exames e novos hábitos sejam adquiridos e acompanhados para o hábito em ter uma vida saudável. E quanto aos 108 novos alunos, dos 536 examinados, foram orientados a procurar um oftalmologista para averiguar a necessidade em utilizar óculos.

    “Às vezes o aluno apresenta um sintoma crônico de dor de cabeça, o que faz cair o seu rendimento dentro da sala de aula e graças ao projeto “Aluno Saudável”, é possível detectar alguns problemas, já que a maioria deles, não tem conhecimento de algum tipo de alteração”, finaliza João Neto.

    #