Fidel apoia Chavez em discurso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de dezembro de 2003 as 14:36, por: cdb

Num discurso de mais de oito horas proferido no Parlamento  o presidente de Cuba, Fidel Castro, propôs a aprovação de uma declaração de apoio ao processo político dirigido por Hugo Chávez na Venezuela.

Fidel iniciou seu discurso no segundo período de sessões da Assembléia Nacional do Poder Popular (Parlamento unicameral cubano) pouco depois das 15.00 e o concluiu após a meia-noite, segundo a imprensa.

Durante seu discurso, o líder cubano ressaltou que 2003 “foi um ano de muito esforço, talvez o de maior esforço da Revolução”.

Fidel Castro anunciou novos programas para melhorar e desenvolver os serviços de saúde e repassou alguns dos temas mais importantes para seu governo.

O presidente voltou a mencionar os Estados Unidos, dizendo que Washington não conseguiu nem conseguirá nenhuma concessão de Cuba. Ele também deu ênfase à força da revolução, que completará 45 anos em 2004.

Sobre as perspectivas da economia nacional, Fidel Castro disse que o turismo e a biotecnologia continuam se firmando como duas das principais fontes de receita do país.

Durante a sessão do Parlamento, o ministro cubano da Economia, José Luis Rodríguez, anunciou um crescimento de 2,6 por cento do PIB em 2003, mais de um ponto percentual acima da meta prevista pelo governo.