FHC promete respeitar reajuste da tabela do IR

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de janeiro de 2002 as 22:41, por: cdb

O presidente Fernando Henrique Cardoso disse, nesta quinta-feira, que vai respeitar o reajuste de 17,5% da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) aprovado pelo Congresso no fim do ano passado. Ele afirmou desconhecer os termos da lei, mas garantiu: “Venha em que termos vier, esse porcentual será respeitado”.

O presidente fez a declaração durante visita a prédios destruídos nos últimos dias por enchentes na cidade de Goiás, mais conhecida como Goiás Velho, em Goiás.

Para entrar em vigor, a lei que reajusta a tabela do IR precisa ser sancionada por Fernando Henrique neste mês. O presidente disse que o reajuste de 17,5% já havia sido acertado diretamente com ele. “Com relação à questão do Imposto de Renda, a única coisa que eu disse é que nós iríamos respeitar aquele porcentual de 17,5%, que, aliás, tinha sido combinado comigo, num certo momento.”

Fernando Henrique disse que o Congresso ainda não enviou ao Palácio do Planalto a proposta orçamentária de 2002, aprovada no fim do ano passado. Por isso, justificou ele, não há como saber se vetará ou não trechos da proposta. “Quando for enviado, nós vamos ver se as receitas correspondem ao que está programado, se as despesas são compatíveis com as receitas”, afirmou FHC. “Sempre agimos assim, com absoluta coerência: não vamos fazer gastos de dinheiro que não existe”.