Felipão inicia planejamento para 2002

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de dezembro de 2001 as 00:11, por: cdb

A comissão técnica da seleção brasileira reuniu-se nesta segunda-feira pela primeira vez, desde o sorteio que definiu os grupos da Copa do Mundo, para começar a organizar o planejamento da equipe nos meses que antecederão à competição. A intenção do técnico Luiz Felipe Scolari é de disputar seis ou sete amistosos até a viagem à Coréia do Sul, em meados de maio. Polônia, Portugal e Espanha devem ser alguns dos adversários do Brasil.

Scolari chegou a dar uma declaração surpreendente: a de que França e Argentina correm considerável risco de não se classificarem para a segunda fase do Mundial. “A França vai começar o torneio enfrentado Senegal, que tem todos os jogadores de sua seleção atuando na Europa. Vocês acham que vai ser fácil?” Sobre a Argentina, lembrou dos demais componentes de seu grupo: Inglaterra, Nigéria e Suécia, ressaltando que todas as quatro têm condições de chegar à disputa do título. “Futebol se ganha em campo e não no microfone.”

Ele esclareceu que a seleção ainda não definiu o local de preparação na Coréia, embora tenha deixado claro que a Ilha de Jeju, local do jogo com a China, goza da preferência da comissão. Scolari também fez um alerta sobre o potencial das seleções que vão enfrentar o Brasil na primeira fase, enaltecendo o futebol da China e da Turquia.

A intenção de Scolari é iniciar janeiro com toda a programação já elaborada para o primeiro semestre de 2002. Sobre a boa relação com o técnico Bora Milutinovic, da China, lembrou de um comentário dele, durante o sorteio, a respeito da carne de cachorro consumida em alguns locais da Coréia. “Ele me disse que bem temperadinha é uma delícia”.