Farmácia Popular terá mais duas unidades em Salvador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de fevereiro de 2005 as 19:03, por: cdb

Mais duas unidades do programa Farmácia Popular serão inauguradas nesta sexta-feira em Salvador. A cidade é a segunda com maior número de farmácias populares do país – sete unidades -, atrás apenas de São Paulo, com 16.

Com essas duas inaugurações, chega a 29 o número total de farmácias em funcionamento. Além da Bahia, que também tem unidades em Itabuna e Vitória da Conquista, segundo o Ministério da Saúde, o programa é uma alternativa de acesso à medicação para os mais de 20 milhões de habitantes em São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Caxias do Sul (RS).

O ministro da Saúde, Humberto Costa, inaugura a farmácia de Cajazeiras às 17 horas e, às 18h30, o secretário de Atenção à Saúde, Jorge Solla, participa da inauguração no nordeste de Amaralina. A previsão do Ministério da Saúde é de que nos próximos dois meses mais 47 farmácias estejam em funcionamento no país – uma delas em Juazeiro, na Bahia.

Nas farmácias populares, segundo o Ministério da Saúde, os produtos são comprados pelo valor de custo, o que significa uma redução de até 85% nas despesas. O objetivo do programa é beneficiar quem tem dificuldade para fazer tratamento de saúde em função dos preços dos medicamentos.

Além de inaugurar as farmácias, o ministro Humberto Costa apresenta a campanha de combate à Aids para o Carnaval. Com foco no uso do preservativo, a campanha busca promover o uso da camisinha durante a festa popular. O slogan deste ano é “Vista-se, use sempre camisinha”. A intenção é lembrar o público da importância de que o preservativo seja peça do vestuário.

Com informações do Ministério da Saúde