Famílias dos astronautas pedem a continuação dos vôos tripulados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de fevereiro de 2003 as 00:04, por: cdb

As famílias dos sete astronautas que morreram no desastre do Columbia divulgaram um comunicado conjunto defendendo a continuação da exploração espacial.

O comunicado exorta a Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, e a população norte-americana a que não desistam dos vôos tripulados por conta da tragédia que ocorreu com o Columbia.

No comunicado, lido por Bill Readdy, diretor dos programas tripulados da Nasa, as famílias também agradecem à agência espacial e ao público norte-americano pelo apoio recebido.

“No dia 16 de janeiro, vimos o lançamento das pessoas que amamos rumo a um céu brilhante e sem nuvens”, diz o comunicado.

“Seus corações estavam cheios de entusiasmo, orgulho pelo país, fé em seu Deus e aceitando os riscos para a busca de conhecimento. Um conhecimento que poderá melhorar a qualidade da vida de toda a humanidade”

“A missão de 16 dias de descobertas científicas do Columbia, que foi um grande êxito, acabou interrompida a meros minutos de seu término. Mas viverá em nossa lembrança”.

“Queremos agradecer à família da Nasa e a pessoas de todo o mundo por suas incríveis manifestações de amor e apoio”.

“Embora tenhamos profundo pesar, da mesma forma que tiveram, antes de nós, as famílias do Apollo 1 e do Challenger, a corajosa exploração do espaço deve continuar”.

“Uma vez que as causas dessa tragédia sejam descobertas e as correções feitas, o legado do Columbia deve ser completado, em benefício dos filhos de todos nós”.