Famílias de brasileiros querem notícias de parentes nos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de setembro de 2001 as 20:19, por: cdb

Os familiares de cerca de 500 mil brasileiros que vivem na área de Nova York e de outros cerca de 50 mil radicados em Washington, onde ocorreram os atentados terroristas na manhã desta terça-feira, estão aflitas por notícias.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer, em entrevista à TV Globo, afirmou que ainda não tem informações sobre brasileiros feridos ou mortos nos atentados.

A dificuldade para se conseguir comunicação com brasileiros em qualquer parte do território norte-americano levou a Embratel (Empresa Brasileira de Telecomunicações) a criar um serviço exclusivo para facilitar os telefonemas.

O vice-presidente executivo de Marketing e Vendas da companhia, Paulo Levy, confirmou estar havendo um grande congestionamento das ligações telefônicas para os Estados Unidos, em especial para Nova York.

Para facilitar o serviço de comunicação foi criado o número 0800 703 2111, que oferece serviço gratuito de informações, com auxílio de intérpretes.

Por esse serviço gratuito, quem procurar comunicação com parentes e amigos em Nova York poderá agendar chamadas e obter informação sobre números telefônicos disponíveis.

O ministério das Relações Exteriores também está orientando os brasileiros a tentar fazer contato com suas famílias nos locais atingidos pelo atentado por meio de telefones de parentes ou em contatos pela Internet.

O telefone da embaixada brasileira em Washington também foi disponibilizado: 001-202-2382837.