Família de João Hélio pode entrar na Justiça contra estado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de março de 2007 as 20:43, por: cdb

A família do menino João Hélio pode entrar na Justiça contra o estado. A informação é do advogado da família, Gilberto Fonseca, que disse estar estudando a possibilidade de entrar com um processo contra o estado, por falta de segurança, e o fabricante do automóvel, por conta do problema com o cinto de segurança. O menino João Hélio ficou preso ao cinto durante o assalto no dia 7 de fevereiro, no subúrbio do Rio, e acabou morrendo ao ser arrastado pelos criminosos, que levaram o carro.

A juíza da 2ª Vara da Infância e da Juventude, Adriana Angeli de Araújo, informou que a sentença do menor E., acusado de participar do crime, não será divulgada nesta segunda-feira. Ela tem até o próximo dia 22 para decidir o futuro do adolescente.

Esta foi a terceira audiência do menor de 16 anos, acusado de ter participado da morte do menino João Hélio. O adolescente foi reconhecido por apenas uma das testemunhas de acusação.