Falta de verba das Forças Armadas prejudica o desfile de 7 de setembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 7 de setembro de 2002 as 00:48, por: cdb

A escassez de recursos que obrigou o Governo Federal a adotar a decisão inédita de dispensar 40 mil recrutas antes do tempo previsto, por contenção de despesas, também forçou uma mudança nas comemorações oficiais do Sete de Setembro deste ano.

Os cortes na programação atingirão inclusive Brasília, justamente no último ano de Fernando Henrique Cardoso como Presidente da República.

Os 180 anos da Independência na capital não contarão, por exemplo, com diversos veículos motorizados já conhecidos do público.

De seu lado, Fernando Henrique pelo menos fez questão de manter a classe e a pompa: abrirá o desfile a bordo do Rolls-Royce da Presidência.

Este ano, cerca de 4.500 militares e civis participarão do desfile em Brasília. São homens do Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Grupamentos Escolares e Polícia Rodoviária.

No que diz respeito aos oficiais das Forças Armadas, eles não terão direito sequer de usar veículos motorizados. O percurso será feito a pé – em ritmo de marcha – ou a cavalo.

Na reta final para as eleições presidenciais de 6 de outubro, o desfile deste ano também ganha um conteúdo de cunho político e, principalmente, polêmico.

Ao longo desta semana, o Exército esforçou-se para tentar desvincular a imagem da instituição do debate entre os principais candidatos.

Uma nota oficial foi distribuída à imprensa, ressaltando o caráter apolítico do Exército.

Exército, da Marinha e da Aeronáutica estão preocupados com a possibilidade de a discussão política ingressar nos quartéis, o que consideram inaceitável.

O comando do Exército foi o primeiro a se manifestar publicamente sobre o assunto, ao informar que “as palestras, debates e encontros com candidatos a cargos eletivos” estão sendo promovidas “por entidades diversas civis e autônomas, sem qualquer conotação oficial”.

Os convites aos presidenciáveis para debates e apresentações de suas idéias foram feitos somente por reservistas.