Falta de água deve afetar mais de um bilhão de pessoas em 20 anos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 17 de fevereiro de 2007 as 13:59, por: cdb

Até o ano de 2027, cerca de 1,8 bilhão de pessoas em todo o mundo podem sofrer com a escassez de água. E a agricultura será uma das principais causas do desperdício. A informação foi divulgada pela Agência das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

– A irrigação para cultivos agrícolas responde, atualmente, por cerca de 70% de toda a água potável retirada de lagos, rios e reservatórios subterrâneos. O quadro se aproxima dos 90% em vários países em desenvolvimento, onde existem cerca de três quartos das fazendas do mundo – alertou a FAO.

A agência apontou ainda, o intenso crescimento populacional como outro fator pelo grande consumo de água. De acordo com a FAO, o uso da água mais que dobrou no último século.

Para o órgão das Nações Unidas, é preciso unir esforços nacional e internacionalmente para proteger os recursos hídricos do planeta. Uma das medidas defendidas pela FAO seria armazenar água da chuva com o objetivo de reduzir o desperdício ao irrigar as plantações.

Atualmente, a falta do recurso hídrico já atinge o norte e sul da África, assim como, México, Paquistão, China e Índia. No dia 22 de março, data em que é comemorado o Dia Mundial da Água, a FAO pretende lançar uma campanha de luta contra a escassez de água.