F1: Vettel fecha na frente em Cingapura

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de setembro de 2011 as 13:42, por: cdb
Sebastian Vettel tomou a liderança com o tempo de 1min46s374 e garantiu a melhor volta desta sexta-feira no circuito de Marina Bay

Sebastian Vettel voltou à normalidade no segundo treino livre para o Grande Prêmio de Cingapura de Fórmula 1 e fechou a sexta-feira com o melhor tempo. Na sua passagem mais veloz no circuito de rua cingapuriano, o alemão da Red Bull, que pode ser campeão neste domingo, cravou 1m46s374 e bateu o segundo colocado Fernando Alonso, da Ferrari, em 0s201. Lewis Hamilton ficou em terceiro, a 0s741 de Vettel.

Fernando Alonso, Felipe Massa e Lewis Hamilton bem que tentaram incomodar Vettel. Eles até andaram na frente do piloto da Red Bull em alguns momentos dos treinos, mas o alemão riu por último. Massa foi o quarto mais rápido do dia com o tempo de 1min47s120.

Se Hamilton venceu o duelo com Vettel no primeiro treino livre, o piloto da Red Bull deu o troco na segunda sessão. Logo em suas primeiras tentativas, ele fez o tempo de 1min47s375 e assumiu a ponta. A tranquilidade do alemão só foi quebrada a 41min do fim, quando Massa o superou com a marca de 1min47s120.

Alonso foi o primeiro piloto a andar na casa de 1min46. Vettel voltou para a pista e, com pneus supermacios, acabou com as pretensões da Ferrari. Ele fez 1min46s374 e tomou a ponta das mãos do espanhol. Apesar das tentativas de Alonso, Massa e Hamilton, ninguém conseguiu bater o tempo do líder do Mundial.

A sexta-feira foi marcada por problemas na pista de Marina Bay. Na primeira sessão, as zebras se tornaram uma dor de cabeça: como algumas delas estavam soltas, a sessão começou com um atraso de meia hora. O problema voltou a causar preocupação quando os pilotos já estavam na pista; o treino foi interrompido.

Por conta da perda de meia hora na primeira sessão, os pilotos logo saíram à pista buscando coletar dados sobre o rendimento dos pneus e de seus carros. Os pilotos do meio do pelotão, que mais precisam dos detalhes para achar um lugar no Q3 da classificação deste sábado, não perderam tempo.

Bruno Senna e Rubens Barrichello tiveram desempenho discreto, mas foram mais rápidos do que seus companheiros de equipe. Senna ficou em 12º, enquanto Vitaly Petrov foi o 14º. Já Rubinho terminou o dia em 16º, logo à frente de Pastor Maldonado.