Exportações para a China devem chegar a US$ 5 bilhões este ano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 20 de novembro de 2003 as 16:03, por: cdb

Apenas no período da manhã a rodada Brasil-China gerou negócios de US$ 150 milhões entre o Brasil e a província chinesa de Guangdong. Os 14 contratos foram assinados nas áreas de eletrodoméstico, meio ambiente, textil, agricultura e tecnologia, cada um superior a US$ 5 milhões. No período da tarde 300 empresários brasileiros e 28 chineses darão continuidade às negociações. De acordo com o secretário de Comércio Exterior, Ivan Ramalho, as exportações brasileiras para China devem fechar o ano em US$ 5 bilhões, um crescimento de 84% em relação a 2002.

A expectativa do vice-governador de Guangdong, Tang Bingquan, é que as relações comerciais entre Brasil e Guangdong possam gerar um volume financeiro de US$ 500 milhões. A província chinesa possui uma população de 86,4 milhões de habitantes e faz parte do parque industrial da China em setores que vão desde a produção de equipamentos eletrônicos até a extração e exportação de minérios, além das áreas industrial, automobilística e agrícola.