Exportações iraquianas de petróleo não serão retomadas antes de junho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 12 de abril de 2003 as 08:49, por: cdb

Há poucas chances de o Iraque retomar suas exportações de petróleo antes de junho de 2003, independente da indústria petroleira do país ter saído ilesa da guerra, assinala o Middle East Economic Survey (MEES) na edição que vai à bancas na próxima segunda-feira.

“As perspectivas para a retomada das exportações iraquianas de petróleo são mínimas até junho, porque antes é preciso resolver questões administrativas e jurídicas em Bagdá e nas Nações Unidas, em Nova York”, acrescentou o boletim especializado, editado na Nicósia.

Destacando que as instalações de petróleo no sul e norte do Iraque “escaparam” à guerra, o MEES estima que “a prioridade é instalar em Bagdá uma administração para o setor petroleiro”.

“Até que isso aconteça, não haverá um marco logístico e legal para que as companhias possam carregar o petróleo iraquiano”, acrescenta a revista.

O programa “Petróleo por alimentos” vence em 3 de junho e “há poucas chances de as exportações de petróleo serem retomadas antes dessa data”, acrescenta.