Explosão nas Filipinas deixa quinze mortos e 50 feridos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 2 de abril de 2003 as 14:18, por: cdb

Cerca de quinze pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas nesta quarta-feira em Davao, no sudeste das Filipinas, por causa de uma grande explosão, informaram fontes oficiais.

A presidenta filipina, Gloria Arroyo, assegurou que se trata de um ato terrorista, o segundo em um mês registrado em Davao, uma das cidades comerciais mais importantes do sul das Filipinas, situada a cerca de 950 quilômetros ao sul de Manila.

A explosão aconteceu perto do terminal de passageiros do cais de Sasa, perto de Davao. Fontes do centro médico da cidade afirmaram que cinco pessoas morreram na hora enquanto outras morreram no hospital quando estavam sendo atendidas.

Responsáveis militares asseguraram que cerca de 50 pessoas estavam sendo tratadas em diversos centros médicos.

No dia 4 de março, 18 pessoas morreram e 80 ficaram feridas no aeroporto de Davao (sul das Filipinas) quando uma bomba explodiu perto de uma sala de espera de um terminal lotado de passageiros que esperavam para embarcar para Manila. O grupo islâmico Abu Sayyaf reivindicou este atentado.