Explosão de granada em favela mata duas pessoas no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de janeiro de 2004 as 11:38, por: cdb

Duas pessoas morreram na tarde do último domingo na favela do Acari, zona norte do Rio de Janeiro, depois que uma granada explodiu. Um homem ainda não identificado e um jovem de aproximadamente 17 anos morreram na explosão.

Segundo testemunhas, o jovem teria tentado atirar a granada em policiais militares que faziam uma operação de rotina no local. A granada explodiu na sua mão, matando na hora o adolescente e o homem que estava a seu lado. Os dois tiveram os corpos mutilados com a explosão.

Alguns moradores da favela chegaram a ser atingidos pelos estilhaços da explosão. Nenhum PM que participava da operação ficou ferido.

Até a noite desta segunda-feira, a Polícia Civil ainda não tinha a identificação dos mortos. Os corpos permaneciam no IML (Instituto Médico Legal) à espera de identificação.

Segundo a PM, a favela de Acari seria controlada pela facção criminosa TCP (Terceiro Comando Puro), grupo dissidente do Terceiro Comando original.