Explicações de Palocci ajudariam governo a sair de crise política, diz secretário de Comunicação do PT

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 2 de junho de 2011 as 11:40, por: cdb

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O secretário nacional de Comunicação do PT, Andre Vargas, disse há pouco que o fato de o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, ir a público dar explicações sobre sua evolução patrimonial ajudaria na solução da crise política enfrentada pelo governo. Vargas ressaltou que a direção nacional do PT não tem suspeitas sobre Palocci.

“Ele, indo a público, ajuda, não tem nenhum tipo de impedimento. Ajudaria a solucionar essa crise”, afirmou Vargas, durante intervalo da reunião da Executiva Nacional do partido. “Nós, do PT, não temos nenhum tipo de suspeita em relação ao ministro Palocci. Nós, da direção nacional, entendemos que ele está dando as explicações e estamos aguardando também que essas explicações se tornem públicas, na medida em que a Procuradoria-Geral [da República] é um órgão público”, acrescentou o secretário.

Vargas reconheceu que as denúncias de enriquecimento ilícito do ministro têm afetado diretamente o governo. “Realmente, [a conta] não é pequena não. Não podemos desconsiderar que tomou relevância de grandeza considerável, mas faz parte da luta política do Brasil. Temos no país, sistematicamente, casos de suspeitas que são lançadas, que, ao longo do tempo, se descobre que não tinham veracidade”, argumentou.

De acordo com o secretário de Comunicação do PT, o partido está “tranquilo” com a forma com que a presidenta Dilma Rousseff tem lidado com o assunto. “Estamos absolutamente tranquilos, entendendo e confiando que a presidenta Dilma está dando gestão ao governo e que o ministro Palocci está dando as explicações a quem de direito. Vamos esperar os esclarecimentos entregues à Procuradoria-Geral, para, a partir daí, termos a confiança de que o ministro Palocci também virá a público esclarecer.”

Edição: Lana Cristina