Executada por exigir pensão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 20 de março de 2004 as 11:04, por: cdb

A polícia tem informações de que Liliana Alexandra Araújo Marques, 24 anos, ex-mulher do traficante Paulo César Silva dos Santos, o Linho, encontrada morta quinta-feira, na mala do Audi KML-5792, em São Cristóvão, estaria usando Patrick, o filho de 3 anos que tem com o bandido, para exigir de volta a pensão que recebia. O secretário de Segurança Pública, Anthony Garotinho, disse ontem que Linho está vivo, no interior de São Paulo. Segunda-feira, a Justiça vai pedir a quebra do sigilo telefônico de Liliana, que foi assassinada com quatro tiros no rosto.

Linho, de acordo com os investigadores, pode ter parado de dar dinheiro à ex-mulher ao descobrir que ela estava namorando Marcelo dos Santos Zicari, 31 anos, dono do Audi. Irritado com as exigências da jovem, que alegava precisar de recursos para o sustento de Patrick, Linho teria mandado matá-la. Não se sabe, ainda, se Liliana cobrava direto de Linho ou de homens da quadrilha.

A vida que Liliana levava ultimamente era bem diferente da que tinha quando estava com o traficante, de acordo com a polícia. Garotinho chegou a afirmar que “Liliana tinha uma vida de regalias”. Segundo investigações, antes de engravidar ela viajava com o bandido pelo Brasil e pela Europa.

Depois que parou de receber dinheiro de Linho, passou a ter ajuda financeira de Marcelo, com que estava há dois anos. Era ele quem bancava o aluguel do apartamento onde ela morava, no Rio Comprido; pagava as prestações de um Vectra dela; e pegava empréstimos em nome dele, repassando o dinheiro para Liliana. A última quantia pega por Marcelo num banco foi de R$ 1 mil. Ultimamente, de acordo com a polícia, Liliana não trabalhava e estava estudando para concursos.

Liliana foi enterrada ontem, às 11h, no Cemitério São Francisco de Paula, no Catumbi. Entre as coroas de flores que recebeu, uma era de Marcelo, que se despediu da namorada como amigo. “Um beijo no seu coração do seu amigo, Marcelo”, dizia a mensagem.