Ex-militar francês pode ser o franco-atirador de Washington

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de outubro de 2002 as 09:52, por: cdb

O Ministério de Defesa da França confirmou o desaparecimento de um aluno da escola militar Saint Cyr que viajou para o Canadá e Estados Unidos, em agosto, e não retornou ao país.

De acordo com o porta-voz do ministério, Jean-Francois Bureau, não tem como confirmar as notícias de que colegas do atirador francês o reconheceram em um retrato-falado feito pela polícia norte-americana.

O suspeito, de 25 anos, com experiência em tiro ao alvo, está desaparecido e sua ficha foi entregue à Interpol.

As autoridades dos EUA ainda não divulgaram o retrato-falado do atirador.