Ex-diretor do Banestado está preso por enviar dinheiro ilegal para o exterior

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 20 de novembro de 2003 as 09:10, por: cdb

Está preso em Curitiba o ex-diretor do Banestado Gabriel Nunes Pires Neto, que era responsável pelo setor de câmbio e operações internacionais do banco. Ele foi denunciado pelo Ministério Público por crime contra o sistema financeiro nacional. Neto é acusado de usar o Banestado para participar de um esquema de envio de dinheiro ilegal para o exterior.

O pedido de prisão preventiva foi expedido pelo juiz da 2ª Vara Federal Criminal, Sérigo Moro. Segundo o superintendente da Polícia Federal no Paraná, Jaber Makul, Gabriel Pires Neto foi preso em casa, e não houve resistência à ação da polícia.

Outro suspeito, o doleiro Alberto Youssef, está preso na Polícia Federal desde o último dia 2 de novembro. Outros seis empresários de Curitiba foram denunciados pelo Ministério Público Federal por empréstimos ilegais do Banestado, com prejuízos ao banco de US$ 4 milhões.