Ex de Britney faz música chamando-a de “bêbada e vagabunda”

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de fevereiro de 2003 as 16:55, por: cdb

Fred Durst está de coração partido. O vocalista do Limp Bizkit, que já se declarou “totalmente apaixonado” por Britney Spears, disponibilizou uma música inédita no site oficial banda, na qual ofende a cantora teen e pede para que ela “caia morta”.

A gravadora do Bizkit se apressou em dizer que qualquer associação da canção com Britney “pode ser errônea”. O que se sabe é que Durst teve um breve relacionamento com ela recentemente, documentado pelo próprio artista em seu diário on-line. Curiosamente depois do rompimento as mensagens com declarações explícitas de amor “sumiram”.

Agora o músico disponibilizou no endereço eletrônico uma música, em formato MP3, chamada “Just drop dead” (apenas caia morta). “Vivemos em um mundo maluco, e muitas pessoas não conseguem ser honestas”, escreveu sobre a faixa, creditada como “crua, sem mixagem e direto do estúdio”. “Não pude evitar”, completou.

Segundo o site da MTV americana, a motivação pode ter sido o fato da cantora ter negado qualquer envolvimento romântico com o roqueiro. “Ele não faz meu tipo”, teria dito Britney, torcendo o nariz.

A letra é bem direta, apesar de não citar nomes. Fala que alguém alertou Durst de que Britney “estava relaxando com” um cara mais jovem, algo que o cantor “nunca esperaria”. O refrão diz “eu mereço mais, eu mereço mais, você foi uma vagabunda – por que não cai morta?”.

O durão, autor dos sucessos “Nookie” e “My Way”, canta até que “deu o coração” à ex-“namorada”. As ofensas também são variadas, sendo que Durst se refere a Britney como “bêbada” e diz que ela “pegou na virilha” dele. Outra pérola poética da cançao é a frase “você precisa aprender que se abaixar a calcinha, vai ficar com o traseiro ardendo”.

“Just drop dead” estará no CD “Bipolar” (antes chamado provisoriamente de “Less is More”), a ser lançado em maio deste ano.