Ex-corregedor da PM do Rio critica política de segurança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de abril de 2010 as 13:38, por: cdb

Corregedor da Polícia Militar do Rio de Janeiro na gestão do então secretário de Segurança Pública, Marcelo Itagiba, hoje deputado federal pelo PSDB-RJ, o coronel Paulo Ricardo Paúl foi entrevistado pelo parlamentar no programa De Olho no Rio, que foi ao ar neste domingo, pela CNT.
 
O oficial defendeu a aprovação pelo Congresso Nacional da PEC 300, que estabelece um piso nacional para os policiais militares, civis e bombeiros de todos os estados, com base nos vencimentos pagos às categorias no Distrito Federal, onde os profissionais das três classes recebem os maiores salários do país.
 
– O deputado tem sido na Câmara Federal um dos grandes defensores da PEC 300 e sabe o quanto a sua aprovação é importante para que os policiais possam ser devidamente remunerados e, consequentemente, sejam estimulados a combaterem a criminalidade e a garantirem a segurança pública à população brasileira em todos os estados – afirmou o coronel PM Paúl.
 
Na entrevista, o oficial criticou duramente a política do governo do Estado de concentrar grandes contingentes de policiais nas comunidades que têm Unidades Pacificadores de Policiamento (UPPs), em detrimento do policiamento nos demais pontos da cidade.
 
– Quando a Secretaria de Segurança disponibiliza 300 policiais militares para uma UPP, ela retira efetivos que estavam empregados no patrulhamento da cidade. Com isso, a cidade fica menos policiada e crescem os crimes de rua, como roubo a transeunte – analisou o oficial.