Eurico perde a paciência com o Vasco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de fevereiro de 2003 as 13:45, por: cdb

Durante o empate em 2 x 2 com o Bangu, neste domingo, em São Januário, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, deu novas demonstrações de que sua paciência com o time está no limite do suportável.

Na quarta-feira, antes da vitória por 3 x 1 sobre o Olaria, na Rua Bariri, o cartola já afirmara que deixara de ver dois jogos do clube por ter ficado irritado com o mau rendimento dos jogadores. Neste domingo, o comportamento de Eurico na sala de onde costuma assistir os jogos do clube em São Januário, revelou que o time passará outros jogos longe de seus olhos.

A calma com a atuação do Vasco durou até o segundo gol do Bangu, aos 22min do primeiro tempo. A princípio sentado em sua poltrona, Eurico passou se levantar em alguns momentos, ainda na primeira etapa.

Já insatisfeito, o presidente-torcedor chegou ao cúmulo da impaciência quando, já próximo ao final da primeira etapa, o atacante Renatinho recebeu um presente do zagueiro Alex e, dentro da área, perdeu o terceiro gol do Bangu.

A partir daí, Eurico virou as costas para o campo. Quando, aos 26min do segundo tempo, Marcelinho se aproveitou de uma falha da zaga banguense e empatou o jogo, o janelão da sala do cartola já estava fechado.