Eurico compra bolinho de bacalhau para o presidente do Flamengo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 1 de março de 2003 as 20:09, por: cdb

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, ironizou as declarações do presidente do Flamengo, Hélio Ferraz, após o empate, deste sábado, por 1 a 1, no Maracanã. O dirigente rubro-negro havia dito, na véspera, que comeria bacalhau no fim de semana, fazendo uma alusão ao peixe símbolo vascaíno. Com o resultado, o Vasco ficou muito perto da Taça Guanabara.

“Tá chegando aí, 150 bolinhos de bacalhau. Ele (Ferraz) queria comer então aqui está. Nem tem espinho para ele não se engasgar”, satirizou Eurico. Ele revelou que vai tentar antecipar o julgamento de Marcelinho, expulso na partida. “Uma medida dessas é boa para o Flamengo também, que teve dois expulsos. Vamos fazer o possível”, disse o dirigente, frisando que uma antecipação não quer dizer que o jogador será absolvido.

O meia Petkovic era um dos atletas mais felizes no vestiário. “Eles tinham a vantagem de quatro pontos e comemoraram antecipado. Perderam dois jogos para os pequenos e nós fizemos nossa parte”, afirmou o sérvio. Já o técnico Antônio Lopes, elogiou o desempenho da equipe.

“Fizemos uma boa partida. Criamos muitas chances de gol. No segundo tempo, o Flamengo veio com tudo, mas o Vasco se manteve bem na defesa”, disse o treinador.

O goleiro Júlio César parabenizou o adversário e elogiou a força de vontade do elenco rubro-negro. “Só tenho que enaltecer o nosso time. No primeiro tempo, não fomos o Flamengo de outras decisões. O Vasco mereceu”, disse o jogador. “Mas eles só ganharam metade do campeonato.”