EUA querem criar tribunal para julgar membros do partido de Saddam

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 17 de junho de 2003 as 17:27, por: cdb

O administrador americano no Iraque, Paul Bremer, afirmou nesta terça-feira que será criada uma corte criminal iraquiana para julgar os membros do partido Baath, do ex-presidente Saddam Hussein.

– A corte criminal é para julgar as pessoas, em particular os membros do Baath e os importantes responsáveis desse partido que tenham cometido crimes contra a coalizão ou que pretendam desestabilizar a situação aqui no Iraque – disse Bremer.

O representante americano ressaltou que o tribunal não teria como objetivo julgar as altas autoridades iraquianas detidas pelos americanos no Iraque, e que continuam sendo interrogadas.

A corte criminal “poderá transformar-se em um tribunal para julgar as pessoas acusadas de crimes contra a humanidade, e esta questão deverá ser resolvida pelo (futuro) governo iraquiano”, declarou ele.

Para Bremer, “o Poder Judiciário iraquiano foi severamente desacreditado sob os olhos dos cidadãos iraquianos e do mundo, e é visto como um sistema corrupto que não tem independência”.