EUA matam seis iraquianos em Faluja

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de novembro de 2003 as 10:08, por: cdb

As tropas norte-americanas mataram seis militantes iraquianos e feriram outros quatro em Faluja, no centro do Iraque, durante um ataque do grupo contra um posto militar e um hospital de campanha jordaniano. A informação foi confirmada nesta quinta-feira pelo Comando Central dos EUA.

O comunicado destaca que o confronto ocorreu na terça-feira, quando soldados da 83º Divisão Aerotransportada foram atacados com armas automáticas por homens em um veículo, na zona do hospital.

“Os soldados reagiram e obrigaram os atacantes a fugir. “Outro veículo se aproximou para auxiliar na fuga, mas o grupo foi interceptado por pára-quedistas americanos”, destaca o comunicado.

No total, quatro automóveis dos guerrilheiros tomaram parte no ataque, mas o grupo foi repelido pelos soldados americanos, que não sofreram baixas”. “Quatro elementos foram detidos em consequência da ação”, informou o Comando Central.

Conforme a polícia iraquiana, que apresentou uma versão diferente para o mesmo incidente, os soldados dos EUA atiraram e mataram civis iraquianos.

“As forças norte-americanas realizavam um controle na entrada de Faluja para prender criminosos comuns que haviam roubado aço de uma fábrica quando um caminhão se aproximou, por volta das 21h locais (16h de Brasília), e, aparentemente, os soldados pensaram que eram os ladrões e abriram fogo, matando cinco e ferindo outros quatro”, disse Asad Abdul Karim, major da polícia local.