EUA decidem suspender sanções comerciais impostas a Sérvia e Montenegro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de dezembro de 2003 as 09:46, por: cdb

Os EUA suspenderam  as sanções comerciais a Sérvia e Montenegro, impostas em 1992 durante o antigo regime de Slobodan Milosevic por seu papel na guerra da Bósnia.

Nesta quinta-feira, entra em vigor a decisão do Governo dos Estados Unidos de renovar o “statuts de relações comerciais normais” com Sérvia e Montenegro, informou a embaixada americana em Belgrado.

A medida prevê a redução das tarifas impostas aos produtos exportados de Sérvia e Montenegro (Estado herdeiro da Iugoslávia) para os EUA de 37 para menos de 3 por cento.
O restabelecimento das relações comerciais normais “foi uma das prioridades mais importantes dos Estados Unidos no setor das relações econômicas bilaterais e destaca o apoio do Governo dos Estados Unidos às reformas econômicas em Sérvia e Montenegro”, ressaltou a embaixada americana em um comunicado.

A legação acrescentou que esta medida contribuirá para o desenvolvimento da economia, para a criação de novos postos de trabalho e também para atrair investimentos ao país balcânico.

Segundo especialistas nacionais, a normalização das relações comerciais é importante sobretudo como sinal de apoio dos Estados Unidos às reformas políticas e econômicas iniciadas no país após a queda do regime de Milosevic, há três anos.

No plano econômico, estima-se que a medida beneficiará principalmente os produtores de armamento e produtos têxtis que já exportavam para os EUA, apesar dos especialistas destacarem que o mercado americano é pouco acessível às empresas nacionais devido às grandes despesas de transporte.

Depois da queda de Milosevic, a comunidade internacional iniciou a suspensão gradativa das sanções econômicas que havia imposto ao país durante a década anterior.