EUA atacam área de conflito entre chefes tribais afegãos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 1 de dezembro de 2002 as 18:15, por: cdb

A Força Aérea dos Estados Unidos bombardeou uma área do oeste do Afeganistão depois que soldados americanos foram atacados.

Sete mísseis B-52 foram disparados na frente de batalha envolvendo duas milícias rivais, na província de Herat, perto da fronteira com o Irã.

O bombardeio acontece na véspera de um encontro, em Bonn, na Alemanha, no qual o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, deverá fazer um discurso sobre a fragilidade da segurança de seu país e os progressos em direção à paz.

Confrontos envolvendo tanques e artilharia pesada começaram na madrugada do domingo entre tropas leais a Ammanullah Khan, comandante pashtun, etnia majoritária no país, e forças da etnia Tajik de outro chefe tribal, Ismail Khan.

Responsabilidade

Cada lado responsabiliza o outro pelo início do confronto deste final de semana que matou pelo menos 11 pessoas.

Apesar de várias tréguas entre os dois lados, o governo de Karzai não foi capaz de encontrar uma solução pacífica para a região.

Os americanos dizem que não estava claro quem atirou contra seus soldados.

Ninguém saiu ferido.