Estudo indica que 50 mil pessoas podem morrer de frio na Inglaterra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de dezembro de 2003 as 10:29, por: cdb

Estima-se que cerca de 2.500 pessoas morreram na última semana na Inglaterra e no país de Gales, vítimas do frio.

As informações são da Faculdade Britânica para a Saúde Pública e do serviço de meteorologia que revelaram essa semana um estudo que indica que até 50 mil pessoas poderão morrer em consequência das baixas temperaturas. Segundo Sian Griffiths, um dos autores do levantamento, a Grá-bretanha continua sendo umas das regiões mais despreparadas para lidar com o frio.

Ele acrescenta que essas mortes poderiam ter sido evitadas caso os britânicos tivessem acesso tratamento médico adequado. A grande maioria das vítimas é de idosos, cujos problemas respiratórios e cardíacos pioram com o frio e a umidade.