Estudantes alertam para perigo de tubarões no Recife

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 18 de setembro de 2004 as 10:33, por: cdb

Estudantes universitários distribuem neste fim de semana 50 mil panfletos educativos aos freqüentadores das praias de Recife e de Jaboatão dos Gararapes, orientando sobre as áreas impróprias ao banho de mar por causa de risco de ataques de tubarões.

A iniciativa integra as ações do comitê estadual de monitoramentos de incidentes com tubarões, que inclui também 24 expedições com o barco Sinuelo, da Universidade Federal Rural de Pernambuco, até o final de 2005.

Ontem a equipe da quinta expedição capturou uma fêmea da espécie cabeça-chata, uma das mais perigosas das 20 variedades de tubarões que freqüentam o litoral pernambucano. O animal com 2m e 10cm e 76 quilos estava a menos de um quilômetro da praia de Barra de Jangada. Foram pescados também três tubarões flamengos.

O Ministério da Ciência e Tecnologia está destinando recursos da ordem de R$ 350 mil tanto para o trabalho de pesquisa da biologia reprodutiva das espécies, que busca identificar a causa dos ataques, como para as ações educativas, junto aos freqüentadores das praias.