Estudante de jornalismo do Tocantins vence o Miss Brasil 2003

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 27 de abril de 2003 as 08:44, por: cdb

Gislaine Rodrigues Ferreira, do Tocantins, foi escolhida entre 27 representantes dos Estados e Distrito Federal na 49ª edição do evento que aconteceu no Via Funchal, em São Paulo

A moça que cursa o 5º período de jornalismo recebeu a faixa e a coroa da catarinense Taíza Thomsen, sucessora de Joseane de Oliveira, destituída do título após a descoberta de que era casada, condição que contraria o regulamento.

A ex-miss Taíza Thomsen, que reinou por apenas dois meses, chorou no discurso de entrega pelo curto tempo que usou a coroa. Já a miss Tocantins, que na verdade nasceu em Minas Gerais, estava irradiante.

Com 19 anos, 1.73 cm de altura, olhos verdes, cabelos castanhos claros, 90 cm de busto, 62 cm de cintura e 90 cm de quadril, Gislaine vai disputar o título de Miss Universo em junho, no Panamá.

– Meu objetivo agora é representar bem o Brasil neste concurso, me sinto preparada e já está na hora do Brasil conquistar o Miss Universo – afirma ela.

A vencedora Gislaine Rodrigues Ferreira, cativou o público e os jurados quando respondeu bem à pergunta sobre violência, na etapa realizada com as 10 finalistas para revelar as qualidades interiores das canditadas.

Todas as candidatas participaram de três desfiles: trajes típicos, vestido de gala e maiô. Só as dez finalistas responderam uma pergunta cada, depois disso foram anunciadas as cinco vencedoras.

Em quinto ficou a canditada do estado de São Paulo Juliana Emille Volpini. A quarta posição para Maria Cecília de Souza Valarini, do Rio Grande do Norte. Em terceiro a candidata do Pará, Carlessa Rubicínthia Macedo da Rocha. A segunda colocada foi Lara Brito, de Goiás.

A ganhadora do título Miss Simpatia, que foi votado pelas próprias candidatas, foi a cearense Jaqueline de Oliveira.

Além dos desfiles, o público assistiu breves apresentações musicais: Fábio Jr, Wanessa Camargo e Daniela Mercury, que teve seu microone com defeito na primeira entrada. A backing vocal foi quem levou os créditos quando salvou a apresentação e começou a cantar.

O evento, que teve coordenação artística de Paulo Borges, organizador do São Paulo Fashion Week, contou com jurados famosos como Alexandre Herchcovitch, Ana Hickman, Danuza Leão, Costanza Pascolatto, Jr Duran, Zé Simão, Duda Molinos, Glória Kalil, César Giobbi e Marisa Alencar (mulher do vice-presidente).