Estados Unidos interceptam navios suspeitos de carregar armas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 5 de setembro de 2003 as 01:56, por: cdb

Os Estados Unidos e dez de seus aliados irão em frente com os planos para interceptar navios suspeitos de carregar armas de destruição em massa apesar de um alerta da China de que a medida pode ser ilegal.

O acordo, firmado em Paris, endossa a Iniciativa de Segurança em Proliferação (PSI, na sigla em inglês), anunciada pelo presidente americano, George W. Bush, no início do ano, com o objetivo de acabar com as armas de destruição em massa.

Os onze países que participaram das negociações concordaram em interceptar navios, forçar aviões a pousar e inspecionar qualquer carregamento suspeito de conter armas químicas, biológicas ou nucleares.

Os parceiros irão realizar uma série de dez exercícios conjuntos, começando na próxima semana no Oceano Pacífico, envolvendo navios dos Estados Unidos, Austrália, Japão e França, simulando uma intercepção.