Especialistas discutem genética em Florianópolis

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 7 de setembro de 2004 as 17:43, por: cdb

Os mais importantes avanços dos projetos genomas feitos no Brasil e os desafios da era pós-genômica, o uso de células-tronco, as experiências de transgenia, as genéticas animal e vegetal e os estudos do fluxo gênico nas populações humanas são os principais temas enfocados no 50º Congresso Brasileiro de Genética, que acontece até 10 de setembro em Florianópolis, SC.

As atividades do encontro organizado pela Sociedade Brasileira de Genética (SBG) inclui 33 conferências com especialistas brasileiros e internacionais, além de outras dezenas de simpósios, mesas-redondas e cursos.

Vale destacar a discussão do encontro da genética com a saúde, a ser tratado por especialistas na mesa-redonda intitulada “Epidemiologia genética de doenças complexas”. Sessões sobre a pós-graduação na área da genética e o papel da entidade no Brasil também estão agendadas. A programação oficial do evento prevê ainda a entrega de alguns prêmios e uma reunião especial com os ex-presidentes da Sociedade Brasileira de Genética.

A SBG, fundada em 1955, é presidida pelo geneticista Pedro Manoel Galetti Júnior, da Universidade Federal de São Carlos, SP.