Especialistas de todo o mundo preparam ação de urgência no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 14 de abril de 2003 as 18:18, por: cdb

Trinta especialistas internacionais em patrimônio iraquiano realizarão na próxima quinta-feira uma reunião para elaborar um plano de ação de urgência, informou nesta segunda-feira, o subdiretor geral da Organização da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Mounir Bouchenaki.

O objetivo é que os especialistas viajem para o Iraque o mais rápido possível, em uma ou duas semanas se a situação permitir, explicou Bouchenaki, que mencionou a “grande tristeza” sentida na Unesco diante dos saques, incêndios e destruições sofridas pelo legado cultural iraquiano, considerado um dos mais ricos do mundo.

Os museus de Bagdá e de Mosul foram saqueados, assim como o centro de manuscritos e a Biblioteca Nacional de Bagdá, que acabaram incendiados, lamentou o subdiretor.

“Devemos definir uma estratégia de intervenção de urgência para poder fazer um balanço da situação patrimonial no Iraque”, acrescentou Bouchenaki, lembrando que a Unesco escreveu às autoridades americanas e britânicas para lembrar-lhes de sua obrigação de proteger o patrimônio iraquiano.

Em sua tentativa de evitar que as peças roubadas abasteçam as redes de tráfico de obras de arte, a Unesco já alertou a Interpol, o Conselho Internacional dos Museus e a Associação Internacional dos Marchands de Arte, assim como os ministérios de Cultura dos países vizinhos do Iraque.