Espanhóis vão a volta ao mundo de veleiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 03:17, por: cdb

Depois de dois anos e meio de preparação, quatro membros de uma família espanhola, os Farssac, zarparam, neste domingo, do porto de Barcelona (nordeste) para iniciar uma volta ao mundo em um veleiro.

A previsão é de que a viagem dure três anos.

É a primeira vez que uma volta ao mundo poderá ser acompanhada pela Internet: foram instaladas sete câmeras no barco para que os curiosos possam acompanhar as peripécias desta travessia.

Antes de deixar terra firme, Carles Farssac, filho do dono do navio, explicou que um dia seu pai decidiu iniciar esta aventura ‘para sair da rotina’.

A rota prevista pela família Farssac passa pelas ilhas Canárias, Caribe, Estados Unidos, o canal do Panamá, Polinésia, Austrália, Índia e, de lá, a volta pelo Mediterrâneo.

O capitão do navio, Carles Farssac, explicou que a idéia de dar a volta ao mundo em um navio surgiu da morte de uma pessoa próxima à família.

– Refleti sobre o que estava fazendo, o que tinha feito e o que podia fazer na vida. Então, procurei algo para que, no momento de olhar atrás, visse que minha vida, além de trabalhar, tinha tido algo que me preenchesse. Aí, surgiu a idéia de dar a volta ao mundo – contou.

Carles Farssac disse que levou dois anos e meio para preparar a viagem e que o fato de ter a página eletrônica Maryfamilia.com fará com que todos se sintam acompanhados.

Também se encontram na embarcação seus dois filhos e sua sogra, que será a cozinheira da tripulação. Sua mulher ficou em terra, porque, segundo ele, ‘enjoa no mar’ e, além disso, tem seu próprio negócio para cuidar. Ela visitará a família, porém, nas várias escalas que estão programadas.