Espanhóis condenam governo de Cuba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de maio de 2003 as 23:17, por: cdb

Uma pesquisa difundida nesta segunda-feira em Madrid por uma rádio local, Ser, divulgou que quase 90% dos espanhóis condena o governo de Fidel Castro.

Cerca de 86,7% dos entrevistados condenou o governo cubano frente 5,2 que o defendeu, assinalou a pesquisa realizada pelo Instituto Opina depois da execução em Cuba de três opositores ao regime.

Nove em cada dez espanhóis consideram que Castro deveria deixar o poder e cerca de 77,8% dos entrevistados condenou as execuções dos sequestradores do barco de passageiros e a repressão de opositores.

Aproximadamente 72,3% dos pesquisados acreditam que Cuba pode chegar a ser uma democracia.