Escola norte-americana proíbe camiseta anti-Bush

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de fevereiro de 2003 as 16:06, por: cdb

Funcionários de uma escola norte-americana ordenaram a um aluno de 16 anos que tirasse uma camiseta com a inscrição “Terrorista Internacional” e uma foto do presidente George W. Bush, ou voltasse para casa.

As autoridades escolares de Dearborn, no Estado norte-americano de Michigan, alegaram o temor de que a camiseta “exaltasse os ânimos” na escola, onde a maioria dos alunos é de origem árabe.

O estudante, Bretton Barber, preferiu voltar para casa. Ele disse ter vestido a camiseta na segunda-feira para manifestar sua oposição à guerra e defender uma redação na qual comparou Bush ao presidente do Iraque, Saddam Hussein.

O porta-voz da escola, Dave Mustonen, garantiu que os alunos têm o direito de livre expressão, mas os educadores estão preocupados com as tensões causadas pelo conflito com o Iraque. “Percebeu-se que os ânimos estão exaltados demais”, disse ele.

Dearborn é o centro da comunidade árabe-americana de aproximadamente 300.000 pessoas, no sudeste de Michigan. Mais da metade dos quase 18.000 alunos da área são de origem árabe.