Escalada do terror em Angola deixa 50 mortos em ataque a um ônibus

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de agosto de 2001 as 09:52, por: cdb

Cerca de 50 passageiros de um ônibus morreram metralhadas em uma emboscada atribuída pelo governo de Angola a forças rebeldes, numa estrada perto da cidade de Cacolo, a 30 quilômetros de Malange, a capital da província do mesmo nome.

Citando um sobrevivente, a agência de notícias portuguesa Lusa informou que mais 12 civis ficaram feridos, incluindo um bebê de 1 ano e três meses.

A testemunha contou que os agressores incendiaram o ônibus, que estava lotado de passageiros, e atiraram enquanto os civis tentavam escapar do veículo em chamas.

O ônibus, com cerca de 100 pessoas a bordo, segundo as autoridades policiais, ia de Malange para a cidade de Cacuso, no fim da semana passada.

Ex-colônia portuguesa, Angola está mergulhada em guerra civil desde sua independência, em 1975.