Erros de sobra no primeiro coletivo da seleção deixam Scolari irritado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 2 de setembro de 2001 as 18:16, por: cdb

O primeiro coletivo da seleção brasileira para o maior clássico sul-americano, contra a Argentina, pelas eliminatórias da Copa, foi um prenúncio de fracasso.

Aos berros, o técnico Luiz Felipe Scolari comandou o treino, xingou da defesa ao ataque e deixou o campo irritado, sem falar com a imprensa, com o empate em 3 a 3 entre titulares e reservas.

O treinador gaúcho escalou a equipe principal com Marcos; Juan, Roque Júnior e Lúcio; Cafu, Mauro Silva, Vampeta e Roberto Carlos; Rivaldo e Élber.

A formação se mostrou débil. A zaga falhou muito na marcação, obrigando Scolari a interromper o coletivo para corrigir, também aos gritos, o posicionamento.

A saída de bola – maior alvo do treino de ontem – esteve muito lento, com os jogadores tocando a bola de lado em demasia, prejudicando a velocidade do ataque – prioridade no treino de sexta-feira.

O resultado foi que os reservas terminaram o primeiro tempo vencendo por 1 a 0, gol de Euller.

No segundo tempo, Scolari fez três alterações: Juninho Pernambucano entrou no lugar de Vampeta, Marcelinho Paraíba substituiu Leonardo e Denílson ocupou a vaga de Élber.

Até a nova formação se acertar, Euller marcou mais um e Belletti, outro. Só no final, Paraíba, Pernambucano e Rivaldo conseguiram empatar.

“Jogamos muito mal. Temos que melhorar muito”, admitiu o veterano Mauro Silva. Amanhã, o time faz de manhã o último coletivo antes da partida de quarta-feira.

Cafu, dono de uma das posições mais críticas da seleção, tentou se esquivar da péssima atuação, afirmando que a vontade vai superar as deficiências. “Erramos muito, mas só foi um treino. No jogo, vamos estar mais empenhados”, declarou.

A delegação deixa a Granja Comary, em Teresópolis (região serrana do Rio), em torno da 1h30 e embarca para Buenos Aires em vôo fretado pela CBF, por volta das 16h.

A partida contra a Argentina, líder das eliminatórias e único sul-americano classificado à Copa, será realizada às 20h (de Brasília), em Buenos Aires.

A Folha Online faz o acompanhamento lance a lance do jogo, no estádio Monumental de Nuñez, em tempo real.