Encontro entre Paquistão e Índia discute sobre paz

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 25 de setembro de 2004 as 10:43, por: cdb

Os líderes do Paquistão e da Índia deram novo vigor a um enfraquecido processo de paz, disseram analistas neste sábado, um dia após o encontro dos dois em Nova York, o primeiro face a face para discutir a questão.

Os dois países, inimigos nucleares, mantiveram uma série de conversas em nível ministerial este ano, com o objetivo de restabelecer a confiança depois que chegaram à beira de uma guerra em 2002.

Mas o lento progresso, particularmente no tocante à disputada região da Caxermira, levou a temores de que as conversas haviam resultado em pouco progresso.

Contudo, o primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, e o presidente paquistanês, Pervez Musharraf, prometeram em Nova York na sexta-feira que irão continuar a dialogar com o objetivo de restituir o estado normal e a cooperação entre os dois países.

“Esta declaração alimenta o processo de diálogo entre Índia e Paquistão”, disse Riffat Hussain, chefe de defesa e estudos estratégicos da Universidade de Quaid-e-Azam, em Islamabad.

Analistas indianos tiveram a mesma impressão do encontro.

“Um processo de paz que foi considerado lento… culminou claramene em um entendimento amplo em relação ao futuro do processo”, disse C. Rara Mohan, professor de relações internacionais da Universidade de Hawaharlal Nehru, de Nova Délhi.