Empresário e advogado argentinos presos por evasão de divisas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de maio de 2003 as 14:11, por: cdb

O empresário argentino Eduardo Novillo Astrada, presidente de rede Village Cinemas, e o advogado Carlos Francisco Oteiza Aguirre foram presos nesta quarta-feira sob a suspeita de terem realizado uma manobra para evadir 4,389 milhões de pesos, durante a aquisição do terreno onde funciona o complexo de salas de projeções cinematográficas, inaugurado em julho de 99.

Aguirre é membro da diretoria da cadeia de cinemas do nobre bairro da Recoleta, no coração de Buenos Aires, e sócio de um dos escritórios de advocacia mais famosos do país, Estúdio O´Farrell & Associados. A detenção foi ordenada pelo juiz encarregado de investigar a operação de compra do terreno por parte dos acionistas do Village Recoleta, um complexo que inclui também um polo gastronômico, e que teve um investimento de US$ 67 milhões de dólares.