Empresa americana nega assessoria à Al-Jazira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 4 de abril de 2003 as 18:39, por: cdb

Uma empresa norte-americana especializada em combate à pirataria cibernética negou esta semana assessoria à página da emissora Al-Jazira na rede mundial de computadores, que vem sendo atacada por hackers e muito procurada por internautas de todo o planeta.

“Pensamos tratar-se de pressão política”, sugeriu Nabil Hegazi, subeditor da versão em inglês da página da Al-Jazira na Internet.

A empresa Akamai Technologies Inc., de Cambridge, no Estado norte-americano de Massachusetts, aluga uma rede de 12.600 servidores que ajudam sites da Internet a lidar sem problema com excesso de tráfego inesperado, ataques cibernéticos e os chamados “gargalos” da Internet.

A Akamai não se manifestou sobre o motivo pelo qual rejeitou a ajuda ao canal de notícias árabe, com sede no Catar.