Emprego com carteira assinada segue em alta, com ritmo menos intenso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 11:41, por: cdb

Emprego com carteira assinada segue em alta, com ritmo menos intenso

Em 12 meses, sete regiões pesquisadas pela Fundação Seade e pelo Dieese criaram 426 mil vagas com carteira

Por: Vitor Nuzzi, Rede Brasil Atual

Publicado em 29/02/2012, 14:04

Última atualização às 14:04

Tweet

São Paulo – A tendência de formalização do mercado de trabalho continua, mas em ritmo menos intenso, mostram os números da pesquisa Dieese/Seade. Nos últimos 12 meses, até janeiro, as sete regiões abrangidas pelo levantamento criaram 426 mil empregos com carteira assinada, uma variação de 4,5%. Apesar de positivo, o dado fica aquém do registrado em janeiro de 2011, quando a ocupação formal em 12 meses crescia 9,3%, o correspondente a um acréscimo de 818 mil vagas.

O mesmo ocorre na maior região metropolitana do país, a de São Paulo. O emprego formal nos últimos 12 meses cresceu 4%, com 196 mil vagas com carteira a mais. Em janeiro do ano passado, a alta foi quase duas vezes maior, 7,8%, acréscimo de 358 mil ocupações.

Mesmo com menor intensidade, o emprego formal predomina na expansão da ocupação. De 475 mil vagas abertas em 12 meses, 426 mil foram com carteira.