Empate entre Paraná e São Caetano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 24 de maio de 2003 as 21:16, por: cdb

Os torcedores que foram assistir ao jogo entre Paraná e São Caetano, no estádio Pinheirão, em Curitiba, lamentaram a perda dos dois primeiros pontos do time paranaense em casa neste Campeonato Brasileiro.

A equipe paulista marcou primeiro, sofreu o empate em falha da defesa e teve trabalho para conter o ímpeto adversário, mas garantiu o empate por 1 a 1 e continua sem vencer como visitante.

A Federação Paranaense de Futebol, proprietária do Pinheirão, e o Paraná Clube acertaram alguns detalhes para dar mais conforto aos torcedores, como ambulância e ingresso no mesmo valor ao do vendido antecipadamente, custaria R$ 5,00 a mais.

Para os torcedores, a maior novidade foi a devolução do ingresso perfurado. E, como não acontecia há muito tempo no Paraná, a renda e o público foram divulgados durante a partida.

No jogo, o técnico Mário Sérgio surpreendeu escalando o ala Zé Carlos no ataque, com Elivélton mais recuado. Na velocidade, o novo atacante do São Caetano conseguiu duas boas jogadas logo no início da partida.

E a velocidade foi fundamental na abertura do placar pelo time paulista. Zé Carlos tocou a bola para Marcinho, que passou por dois zagueiros, antes de acertar um forte chute com a perna direita, vencendo o goleiro Flávio.

Se não chegava em jogadas organizadas de ataque, o Paraná conseguiu vencer o goleiro Sílvio Luiz numa falha do zagueiro Dininho. Indeciso, ele não cortou o lançamento de Fabinho, o goleiro do São Caetano também não saiu para fazer a defesa e foi surpreendido por Marquinhos, que deu um toque para tirar a bola de seu alcance: 1 a 1.

O São Caetano desorganizou-se defensivamente após o empate e não conseguiu mais encaixar sua principal jogada, que era o contra-ataque veloz. Sentindo a dificuldade, os jogadores paulistas optaram por fechar-se na defesa, garantindo o empate.