EMDEC adere ao Prêmio ANTP de Qualidade e caminha rumo à excelência

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de abril de 2012 as 09:54, por: cdb

EMDEC adere ao Prêmio ANTP de Qualidade e caminha rumo à excelência

05/04/2012 – 12:31

  

 

Gilson Rei

 

Começa a ser aplicado pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC) um programa de incentivo, treinamento e educação para melhoria da eficiência na gestão do trânsito e na gerência dos transportes.

 

O secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), André Aranha Ribeiro, assinou no final do mês passado a adesão ao Prêmio ANTP de Qualidade, da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), considerado referência nacional em qualidade no setor.

 

Ribeiro disse que este programa tem o objetivo de fornecer às organizações de transporte e trânsito um referencial atualizado, compatível com suas realidades e recursos, possibilitando a análise crítica e a melhoria de seus sistemas de gestão, com base em critérios mundialmente reconhecidos.

 

O primeiro passo foi dado com a adesão, pois a EMDEC passa a seguir os critérios da ANTP. O secretário destacou que a adesão ao programa teve como objetivo principal melhorar e aperfeiçoar a gestão municipal, que resultará em qualificação nos serviços e no atendimento à população. “A meta é capacitar a força de trabalho da EMDEC para o uso dos critérios de qualidade do programa da ANTP, comparando suas práticas de gestão com os resultados, sempre dentro dos critérios do Prêmio ANTP”, disse Ribeiro.

 

Depois de capacitar e comparar práticas e resultados, a EMDEC deverá implementar um novo programa de melhoria. “Esta adesão ao programa não causa prejuízos. Os critérios do Prêmio ANTP só trazem benefícios, que resultam em serviços de excelência à mobilidade urbana e melhor atendimento à população. Quanto mais se aperfeiçoa na gestão, mais qualidade. Afinal, a EMDEC passa a ter metas e parâmetros para os procedimentos”, explicou o secretário.

 

Valorização e desenvolvimento

 

O programa prevê, por exemplo, a valorização das pessoas, tanto no ambiente da empresa, como fora dele. A meta é criar condições para que as pessoas que compõem a força de trabalho se realizem e maximizem seu desempenho, por meio do comprometimento, desenvolvimento de competências e espaço para empreender. Ribeiro disse que o sucesso de uma organização depende do conhecimento, habilidade, criatividade e oportunidade de participar e contribuir de forma efetiva para o crescimento da organização, das pessoas que compõem sua força de trabalho.

 

As operadoras e órgãos de gerência necessitam investir continuamente no desenvolvimento das pessoas por meio de educação e treinamento, sempre alinhados com os objetivos organizacionais. O programa mostra também que as empresas devem criar oportunidades para aprendizado e experimento de novas habilidades, estimular a criatividade e a formação de equipes de alto desempenho.

 

O Prêmio ANTP de Qualidade é mantido pela entidade desde 1995, em ciclos bienais. As regras baseiam-se nas estruturas do Prêmio Nacional da Qualidade e do Prêmio Malcolm Baldrige, dos Estados Unidos, estruturas atualizadas anualmente e que refletem o estado da arte da gestão de organizações.

 

O programa está no 9º ciclo, entre 2013 e 2015; e conta com algumas novidades. Uma delas é a disponibilização pela ANTP de apoio técnico para a realização de auto-avaliação e desenvolvimento de planos de melhoria. Este apoio será prestado por equipe de consultores credenciados pela ANTP.