Embaixador iraquiano na ONU pede demissão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de abril de 2003 as 09:08, por: cdb

O embaixador do Iraque nas Nações Unidas, Mohammed al-Douri, disse que deixará seu posto na ONU e também Nova York. “Estou deixando (Nova York), porque não acredito haver possibilidade para que eu trabalhe como desejaria em um país que está invadindo militarmente o Iraque, destruindo, devastando e mantando. Ele (os Estados Unidos) está agora ocupando o Iraque, a partir do norte para o sul, do leste ao oeste”, afirmou Al-Douri em entrevista a uma TV sediada em Dubai.

Al-Douri citou a pressão a que poderá ficar exposto durante o governo de transição do Iraque conduzido pelos Estados Unidos como motivo pelo qual deixará o cargo de embaixador na ONU. “Não acredito que o país ocupado permitirá que eu trabalhe com total liberdade nas Nações Unidas. Por causa da pressão a qual suponho ficarei exposto, escolhi demitir-me com honra e dignidade”, disse.