Em sermão, papa Bento XVI diz que traficantes terão que se explicar com Deus

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 12 de maio de 2007 as 13:31, por: cdb

O papa Bento XVI disse neste sábado, em uma visita a um centro de tratamento de dependentes químicos na cidade paulista de Guaratinguetá (176 km de São Paulo), que é preciso construir a esperança em uma “sociedade consumista afastada de Deus”.

– É preciso edificar, construir a esperança, tecendo a tela de uma sociedade que, no estender-se dos fios da vida, perde o próprio sentimento de esperança – disse o pontífice em um pronunciamento na Fazenda da Esperança.

A Fazenda é um centro de tratamento de dependentes químicos criado por um frei franciscano em 1983 e responsável atualmente pela recuperação de cerca de 300 pessoas só em Guaratinguetá. Centros semelhantes foram criados também em 26 outras cidades brasileiras e em oito outros países.

Em seu pronunciamento, o papa elogiou o trabalho social feito na Fazenda.

– Onde a sociedade não vê mais futuro ou esperança, são os cristãos chamados a anunciar a força da Ressurreição. Justamente aqui na Fazenda da Esperança, onde estão tantas pessoas, principalmente jovens, que procuram superar o problema das drogas (.) testemunha-se o Evangelho de Cristo no meio de uma sociedade consumista afastada de Deus.

Drogas

O papa chegou ao local por volta das 10h30 e foi recepcionado por bispos, pelo governador do Estado de São Paulo, José Serra, e centenas de convidados.

Na visita, o pontífice abençoou uma capela e assistiu a uma apresentação com jovens em um palco, além de ouvir relatos de pessoas que abandonaram as drogas na Fazenda.

Depois, Bento XVI fez outro pronunciamento em que disse que os ex-viciados tratados na Fazenda são “embaixadores da esperança”.

– A sociedade espera que vocês saibam divulgar este bem precioso da saúde entre os amigos e membros de toda a comunidade. O Brasil possui uma estatística, das mais relevantes, no que diz respeito à dependência química de drogas e entorpecentes – disse o pontífice, destacando a importância do trabalho na Fazenda.

Ele também mandou um recado aos traficantes de drogas, dizendo que Deus vai exigir “satisfações” deles pelo que fazem.

Mas o papa salientou que “não basta curar o corpo” no processo pelo que passam os ex-viciados em drogas.

– É preciso adornar a alma com os mais preciosos dons divinos conquistados através do Batismo.

Agenda

A agenda do papa neste sábado começou por volta das 8h com a celebração de uma missa privada na capela do Seminário Bom Jesus, em Aparecida, onde ele está hospedado nos dois dias que fica na cidade.

Depois do evento na Fazenda Esperança, o pontífice voltaria ao Seminário para um almoço com membros de sua comitiva e o presidente da Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano.

Mais tarde, Bento XVI deve ir à Basílica de Aparecida, onde neste domingo abre os trabalhos da 5ª Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe.

O retorno ao Vaticano, depois de cinco dias de visita ao Brasil, está previsto para a noite do domingo.