Em Pernambuco, canavieiros (as) entregam pauta de reivindicação à classe patronal

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 22 de setembro de 2011 as 15:32, por: cdb

Na próxima terça-feira, às 9h, os canavieiros e canavieiras de Pernambuco (região Nordeste do Brasil) entregarão à classe patronal a pauta com 100 reivindicações da categoria, aprovada durante as 50 assembleias sindicais ocorridas, este mês, na Zona da Mata. Entre os itens do documento, estão o piso salarial de R$ 650, a exigência de alimentação digna no local de trabalho, e a cobrança de contrato por tempo indeterminado. A categoria não descarta a possibilidade de uma greve, caso ocorram entraves nas negociações.

O encontro entre empregados e empregadores acontecerá na Superintendência Regional do Trabalho, durante a reunião da Comissão Paritária em nível setorial, que reúne quatro representações dos trabalhadores e quatro da classe patronal. Por causa do período de Campanha Salarial, essa atividade será ampliada e todos os sindicatos da Zona da Mata irão participar. Além da entrega das reivindicações,o evento tem como pautaa discussão sobre agarantia da data-base, que é 1º de outubro, e o agendamento das negociações.

A 32ª Campanha Salarial dos Canavieiros e Canavieiras, articulada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), por meio de sua Diretoria de Politica Salarial, foi iniciada desde julho, com um curso de Formação em Negociação Coletiva. Logo após, houve o 18º Congresso, para elaborar a pauta de reivindicações e, em seguida, as assembleias sindicais para a discussão e aprovação do documento. Milhares de trabalhadores e trabalhadoras participaram dessas etapas.