Em Curitiba, mais de 350 mil se vacinam contra a gripe do tipo A

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 11 de abril de 2010 as 19:19, por: cdb

O balanço divulgado neste domingo pela Secretaria de Saúde de Curitiba mostra que 354,3 mil pessoas já foram imunizadas contra a influenza A (H1N1) – gripe suína na cidade desde o início da campanha, em março. Somente neste sábado, Dia Nacional de Vacinação contra a doença, cerca de 40 mil pessoas compareceram aos 60 postos de saúde.

A diretora do Centro de Epidemiologia, Karin Luhm, explica que o cálculo preliminar do Dia D se baseia na média de vacinas aplicadas na última semana – cerca de 30 mil doses por dia em toda a rede básica de saúde da capital. Ela considerou o resultado muito bom e elogiou a conscientização da população.

– O total de jovens entre 20 e 29 anos imunizados cresceu mais que o dobro em apenas três dias, totalizando 135,5 mil. E a vacinação dos bebês de 6 meses a 2 anos incompletos, prorrogada pelo Ministério da Saúde, estourou a meta: estão imunizados 39,7 mil, o que corresponde a 4% a mais que o total estimado para o segmento – disse.

A previsão é de que até maio cerca de 900 mil pessoas sejam imunizadas contra a doença na capital paranaense. Segundo o Ministério da Saúde, 18,31 milhões de pessoas já tomaram a vacina contra a influenza A (H1N1) – gripe suína desde o início da campanha até as 18h deste sábado, quando foi realizado o Dia Nacional de Vacinação contra a doença – destinado exclusivamente a jovens de 20 a 29 anos, gestantes, pacientes crônicos com menos de 60 anos e crianças de 6 meses a 2 anos de idade.

De 24 de abril a 7 de maio será a vez dos idosos participarem da campanha. A quinta e última etapa de vacinação, para adultos de 30 a 39 anos, será de 10 a 21 de maio. Essa faixa etária concentrou 15% dos casos de doença respiratória grave e 22% dos óbitos causados pelo vírus Influenza H1N1 em 2009. Ao todo, o Ministério da Saúde adquiriu 113 milhões de doses para vacinar 91 milhões de pessoas contra gripe pandêmica. A partir desta segunda-feira os laboratórios particulares já poderão comercializar a vacina.