Elias Maluco e Belo prestam depoimento à Justiça

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 9 de outubro de 2002 as 13:25, por: cdb

O traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, acusado do assassinato do jornalista Tim Lopes, em junho, foi levado por volta das 12h10 do Batalhão de Choque da PM para o Fórum do Rio, na região central.

Elias Maluco será ouvido em um processo sobre envolvimento com o tráfico, na 34ª Vara Criminal. No processo, outras 20 pessoas são mencionadas. Entre elas, o cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo.

O traficante também deverá ser ouvido no 1º Tribunal do Juri em um processo sobre tentativa de homicídio contra um PM.

De acordo com o comandante da PM do Rio, coronel Francisco Braz, cerca de 50 policiais fazem a escolta do traficante, para garantir a segurança da população e do próprio Elias Maluco.

Elias Maluco foi preso em 19 de setembro, no complexo do Alemão, zona norte do Rio. No local, dominado pelo CV, morreu Tim Lopes. Ele realizava uma reportagem para a TV Globo sobre baile funk, venda de drogas e aliciamento de menores na região.

O traficante foi preso após uma megaoperação da Polícia Civil no complexo, que envolveu 500 policiais que se revezavam em dois turnos. Não houve troca de tiros no momento da prisão.

Depoimento dura cinco minutos

O depoimento do traficante Elias Maluco durou cinco minutos e ele negou as acusações. O bandido, que teria participado do assassinato do jornalista Tim Lopes, teve um esquema especial de segurança para sair pela primeira vez do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Rio de Janeiro.